Profissão: Escritora

Se você sabe onde quer chegar , não pode parar até conseguir.

Ouvi essa frase ainda garota e tomei como lema. Mais do que um simples conselho,  ela se tornou ponto de partida para uma trajetória profissional ainda incomum para os padrões tradicionais da época. 

Viver de escrever era um sonho de muitos, permanecer nele é que era algo tão raro.

Dez anos se passaram e este ainda é um mercado complexo e incrível, levado a sério por muito mas banalizado por tantos, por isto é tão natural que seus pais se preocupem. 

Como não é preciso diploma, repertório virou fator decisivo pra gente se estabelecer. Não há espaço para os descompromissados. Construir um bom portfólio, se reinventar diariamente , fazer pequenos trabalhos para se sustentar e manter um ofício antes mesmo dele te manter são fatores que ainda que te desmotive , na maior parte das vezes te fortalece.

É quase uma seleção natural de mercado, uma prova dos 9 pra gente vencer. 

Na maior parte parte dos últimos 10 anos tive a sorte de me deparar com meninas mais novas , que me tomaram não como talento mas como exemplo de persistência. 

Em tese fico orgulhosa, mas quando aconselho alguma delas, fujo do conselho clichê : ''Nunca desista dos seus sonhos.''

Tento dar o conselho que eu gostaria de ter ganho lá atrás : Siga firme na direção das suas metas, porque o pensamento atrai , a atitude constrói mas só a persistência que realiza.

O resto é conversa fiada. Falo por experiência própria. 

Taynara Prado - Rio de Janeiro - 2017-Todos os direitos reservados no EDA - Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.