crônica

 

Bloco de Carnaval direto de NY


Aqui em Nova York decidi montar meu bloco de carnaval já na primeira semana do ano.

O nome não podia ser  mais conveniente....''Quem não bebe come doce''...Porque o inverno não pede, ele te obriga !

A privação de sol (e a temperatura negativa ) começou em novembro . Hoje por exemplo deu - 14 ! Semanada passada foi -17. 

Estamos no fim de janeiro e a previsão de máxima do frio é em fevereiro! Pode isso?

Adoro essas pessoas que falam: Amo Nova York!Meu sonho é morar aí!  Eu confesso que sempre fui uma  delas.

Nova York é incrivel mesmo! Sem dúvida o melhor lugar do mundo para passar curtas, médias e até longas temporadas. ( Preferencialmente entre abril e setembro!) 

Ela é campeã de destinos  de viagens de fim de ano, de esticadinha no feriado e até mesmo para descanso bem programado, mas viver ela diariamente no Inverno é duro. É duro mesmo!

É pra os fortes ! É porrada diária! É o desafio insano de driblar o desânimo, de se policiar pra não engordar e tentar dentro do possível fazer algum exercício em uma clima que só pede cama! 

Estamos há quase 70 dias enfrentando temperaturas muito baixas e a privação do sol às vezes deixa a gente muito down. 

Se a gente sai? Claro. Se a gente curte? Na maioria das vezes! Se a gente reclama ? Demais!  

Se tá difícil para os americanos, imagina pra gente que nasceu crescer e vai morrer bem brasileiro. 

O natal foi abençoado, o ano novo divertidíssimo, mas como já sei que carnaval de verdade é só no Brasil, fundei logo o meu próprio bloco: Quem não bebe, come doce. 

Só assim pra manter o astral! E astral aqui a gente tem de sobra.

Um brinde ao bom brigadeiro e vem que vem 2018...porque no fundo a gente sabe: O ano começa mesmo é depois do Carnaval.

Vai explicar isso aqui!

Taynara Prado - Rio de Janeiro - 2017-Todos os direitos reservados no EAD - Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro

crônica