Florescendo

 

Perdoo você

Por não ter me acolhido

Por sequer ter me nutrido

Com o amor de quem cultiva

Esse mistério da vida

 

Onde a mágoa e a ferida

Se transforma em poesia

No trabalho a alegria

Na amizade a companhia

Na conquista a magia

 

Se alguém nãome amou

Vejo a dor fazendo arte

O amor fortalecendo

O perdão já florescendo

Em meio a certa solidão

De quem só queria amor

 

Taynara Prado - Rio de Janeiro - 2016 - Todos os direitos reservados no EDA - Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.