Moda
Guia da sua primeira bolsa Chanel

Tudo que você precisa saber para economizar e "investir" já na bolsa! Ou apenas desejar, né? 

16/01/2017 - 07h56 por REDAÇÃO GLAMOUR

Chanel verão 2017 (Foto: Imaxtree)

Entusiasmo para comprar uma Chanel não falta. Mas, é preciso pesquisar muito, fazer contas e visitar as lojas para conhecer realmente qual é o seu produto-desejo, além de colocar na balança os custos e benefícios de uma compra assim. Para encarar esta missão, Taynara Prado visitou shoppings de Orlando, Miami e São Paulo para analisar a melhor forma de investir na tão sonhada comprinha na Chanel. 

Leia mais

2.55 (Reissue)

A clássica “2.55” criada em fevereiro de 1955 por Coco Chanel foi inspirada pelo amor pelo universo dos cavalos e jóqueis que a estilista tinha. É considerada o modelo mais tradicional da marca, ideal para quem curte fazer a elegante com discrição. No Brasil, seus preços variam de R$ 25 a 30 mil, dependendo do tamanho do acessório (pequeno, médio ou grande). Já nos EUA, as faixas de preço ficam entre US$ 4,7 e 5,5 mil e na Europa entre € 4,1 e 4,8 mil.

Chanel 2.55 (Foto: Divulgação)

Classic Flap

Criada na década de 80 pelo estilista Karl Lagerfeld, a Classic Flap está no ranking das mais vendidas da marca junto com a 2.55. Mas enquanto a pioneira tem alças de corrente e o famoso fecho "Mademoiselle Retangular", a Flap possui as alças de corrente entrelaçadas em couro e o fecho com os dois "C", uma referência da Chanel pelo mundo. No Brasil, seus preços estão estimados entre R$ 24 a 30 mil, dependendo do tamanho dela (pequeno, médio, grande ou máxi). Já nos EUA, as faixas de preço ficam entre US$ 4,7 e 6 mil e na Europa entre € 4,1 e 5,2 mil.

Chanel 2.55 (Foto: Divulgação)

Boy Bag

O modelo mais jovem da marca também foi idealizado por Karl, que se inspirou nas cartucheiras usadas em caças esportivas, esporte predileto de Artur Capel, o grande amor de Chanel. A Le Boy Chanel Bag é a cara das mulheres que têm alma tomboy. No Brasil, ela custa entre R$ 17,5 a 25 mil, dependendo do tamanho (pequeno, médio ou grande). Já nos EUA, o valor fica entre US$ 4,3 e 5,5 mil e na Europa entre € 3,4 e 4,5 mil.

Chanel Le Boy Bag (Foto: Divulgação)

Importante: no Brasil, é possível dividir a compra em até 10 vezes no cartão de crédito. No exterior, os valores são pagos à vista e têm taxa de impostos entre 5% e 10% sobre o total.

TESTAMOS!

Há quatro tipos de couro utilizados para a confecção de uma bolsa Chanel. Vem ver:

Caviar: É um couro ligeiramente granulado de bezerro. Seu material tem textura firme e é mais resistente o que permite fácil manutenção da bolsa com o passar dos anos.  É mais visto no modelo Classic Flap. Uma bolsa impecável para todas as ocasiões.

Lambskin: É um couro de pele cordeiro com aparência propositalmente mais gasta que o caviar. Por ser mais delicado, requer mais cuidados para não estragar e se torna um pouco mais caro. É mais visto no modelo 2.55 e extremamente sofisticado.

Micro granulado: É um couro com "pontinhos" ainda menores do que o Caviar e com menos opções disponíveis nas lojas. Encontrei poucos exemplares em Orlando, com aspecto menos elegante que nos demais couros da marca. Já os preços são mais acessíveis...

Patent: Material conhecido no Brasil como vinil, muita gente o confunde com plástico, embora seja um couro que recebe um tratamento específico para chegar nesta aparência.

*Testamos os dois tipos de couro mais comuns das bolsas Chanel: o Caviar (mais visto no modelo Classic Flap) e o Lambskin (mais comum na 2.55). Ela diz que a primeira opção é mais duradoura que a segunda, um fator que pode falar mais alto nesta compra-investimento para a vida inteira.

Repare: As alças metalizadas ou entrelaçadas com couro são mais comuns nos tons de prata e dourado, mas, aqui vai dica-amiga para quem quer um modelo mais exclusivo: invista no So Black, um tom de preto metalizado sofisticado. 

AS BARATEX

Para quem procura preços mais amigos, é possível investir na sua primeira Chanel nas versões mini e nas carteiras adaptadas para serem usadas como clutches. Cada modelo desta última, aliás, vem com corrente para ser usada a tiracolo. Apresentamos alguns dos modelos mais cool desta temporada:

Carteira Chanel Le Boy (Foto: Divulgação)

Preço: R$ 9.070

Carteira Chanel com corrente (Foto: Divulgação)

Preço: R$ 10.220

Carteira Chanel com corrente (Foto: Divulgação)

Preço: R$ 11.390

Carteira Chanel Boy (Foto: Divulgação)

Preço: R$ 8.990

Carteira Chanel Boy (Foto: Divulgação)

Preço: R$ 9.310

Carteira Chanel (Foto: Divulgação)

Preço: R$ 9.370

PLANO B

Outra boa opção para quem quer investir em um modelo Chanel usado são os brechós de semi-novos, com qualidade legal e preços que giram em torno de 30% e 40% a menos do que o valor de loja.

Leia mais

Matéria na íntegra :

http://revistaglamour.globo.com/Moda/noticia/2017/01/guia-da-sua-primeira-bolsa-chanel.html